Menu

Jornal comenta as palavras Francisco a vítimas da pedofilia no Clero

09 JUL 2014
09 de Julho de 2014
As palavras pronunciadas pelo Papa segunda-feira, 07, às vítimas da pedofilia no clero, recebidas na Casa Santa Marta, repercutem na imprensa de todo o mundo. O jornal do Vaticano, L’Osservatore Romano, publicou nesta terça, 08, um comentário sobre a atitude de Francisco.

O jornal diz que o Bispo de Roma, “falando não só aos católicos, abriu seu coração diante deste abisso do mal: os abusos são gestos deprecáveis, além de um ‘culto sacrílego’, que profanou a própria imagem de Deus nestes inocentes”.

O comentário acrescenta: “Foi como ouvir as palavras de seu predecessor, Bento XVI, pronunciadas com vergonha e humildade, assumindo os pecados e crimes dos membros da Igreja em seus encontros com as vítimas”.

“Também Francisco, diante de Deus e de seu povo, declarou com firmeza a gravidade e a degradação destes atos, que deixam cicatrizes por toda a vida e que por vezes levaram ao desespero do suicídio”.

“Ao pedir perdão pelos ‘atos de omissão de líderes da Igreja’ – escreve ainda o L’Osservatore – agradeceu a coragem de quem revelou a verdade e descerrou as trevas de uma escuridão que ainda pode ser debelada ‘com o abraço do menino Jesus’”.

O jornal ainda interpreta que “o Papa pediu a graça das lágrimas, para que ‘a Igreja chore e repare, por seus filhos e filhas que foram traídos’; para levantar-se das quedas, implorando que os lobos não devastem mais o rebanho de Deus”.

Por Rádio Vaticano

Voltar

Mais unção na sua internet!

Tenha você também a sua rádio